Medicina Guarujá participa de campanha contra a gripe

Mais de 40 estudantes estiveram em seis Usafas fazendo o acolhimento da população no Dia D de Vacinação, no último sábado (4)

Foto: Cedida

Acadêmicos foram orientados pelos professores Daniel Bonfim e Érika Magalhães Suzigan, também coordenadora da graduação

Foi realizado no último sábado (4) em todo o país o Dia D de Vacinação contra a gripe. Quase 42 mil postos de saúde abriram as portas para receber milhões de brasileiros para se imunizarem contra o vírus. No Guarujá, mais de 40 acadêmicos da Faculdade de Medicina da Unoeste participaram da ação fazendo o acolhimento da população nas seis Unidades de Saúde da Família (Usafas) do município.

De acordo com o professor responsável pela atividade, Daniel José Pimentel Bonfim, o principal objetivo da participação dos estudantes foi inseri-los em projetos de educação em saúde, relacionados com o Programa Nacional de Imunizações (PNI). “A Influenza é uma doença altamente contagiosa causada pelo vírus do mesmo nome, com ocorrências em surtos anuais. O invasor se instala no trato respiratório e pode provocar diversas complicações levando a um grande número de óbitos. Em função disso, é essencial que estes estudantes entendam que uma das medidas profiláticas mais eficazes para prevenção da doença são essas campanhas de vacinação”, explica.

O professor salienta ainda a importância da participação dos acadêmicos em atividades como esta, que somente no sábado atendeu mais de 2,3 mil pessoas em Guarujá. “Este tipo de ação traz benefícios não apenas para os pacientes, mas também para os próprios estudantes, que têm a oportunidade de vivenciar a profissão e ter contato com a comunidade já no primeiro termo da graduação. Tudo isso agrega conhecimento e empoderamento de ideia para eles”, diz.

Para o estudante Steven Queiroz este primeiro contato como membro/acadêmico de medicina em uma equipe, com o objetivo de promover saúde à comunidade, foi de extrema importância para dar início a seu caminho de formação. “Visualizei realmente como a comunidade depende de um serviço público para buscar prevenção, e é gratificante quando podemos contribuir com o que eles esperam da gente, como estudantes e futuros profissionais da área da saúde”, revela.

Além de acolher a comunidade, dando o primeiro suporte aos pacientes, os acadêmicos puderam ainda orientá-los sobre vacinação, a preencher o cartão de vacina, tirar dúvidas e observar e aprender o passo a passo do procedimento de vacinação.

Também estiveram presentes percorrendo as unidades o prefeito Válter Suman, o secretário de saúde do município, Vitor Hugo Straub Canasiro e a coordenadora da graduação em Guarujá, Érika Magalhães Suzigan.

Quem deve se vacinar – A Campanha Nacional de Vacinação segue até o dia 31 de maio e devem receber a dose crianças com idade entre 6 meses e menores de 6 anos; grávidas em qualquer período gestacional; puérperas (até 45 dias após o parto); trabalhadores da saúde; povos indígenas; idosos; professores de escolas públicas e privadas; pessoas com comorbidades e outras condições clínicas especiais; adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas; funcionários do sistema prisional; pessoas privadas de liberdade e profissionais das forças de segurança e salvamento, como policiais civis, militares, bombeiros e membros das Forças Armadas.

Categoria:GUARUJÁ