Após reunião com reitoria, deputado afirma que Unesp em Registro não será fechada

Por G1 Santos

 


Câmpus da Unesp em Registro (SP) — Foto: DivulgaçãoCâmpus da Unesp em Registro (SP) — Foto: Divulgação

Câmpus da Unesp em Registro (SP) — Foto: Divulgação

O deputado federal Samuel Moreira (PSDB) esteve em uma reunião, na tarde de quinta-feira (7), com a reitoria da Unesp em São Paulo (SP) para falar sobre as especulações de fechamento do campus de Registro, na região do Vale do Ribeira. Após o encontro, o deputado afirmou que o campus não será fechado.

A crise financeira na Unesp tem causado preocupação em funcionários e estudantes. Um dos reflexos é que professores estão sem receber o 13º salário. Em Registro, segundo apurado pelo G1, internamente, funcionários do campus comentavam sobre o possível fechamento da unidade como forma de corte de gastos.

Deputado federal Samuel Moreira (PSDB) se reúne com reitoria da Unesp — Foto: DivulgaçãoDeputado federal Samuel Moreira (PSDB) se reúne com reitoria da Unesp — Foto: Divulgação

Deputado federal Samuel Moreira (PSDB) se reúne com reitoria da Unesp — Foto: Divulgação

Em conversa com o G1, o deputado Samuel Moreira (PSDB), que é da região do Vale do Ribeira e participou da implantação do campus de Registro enquanto prefeito da cidade, disse que estava fazendo esforços para que o campus não fosse fechado. Reuniões com o governador do Estado e a reitoria da Unesp estavam agendadas para debater o tema.

O deputado se reuniu com o reitor da Unesp, Sandro Roberto Valentini, na tarde de quinta-feira e, em seguida, se pronunciou sobre a reunião em sua página oficial em uma rede social. Moreira abre a publicação afirmando que a Unesp de Registro não será fechada.

Deputado federal Samuel Moreira (PSDB) faz publicação garantindo que campus da Unesp em Registro (SP) não será fechado — Foto: Reprodução/FacebookDeputado federal Samuel Moreira (PSDB) faz publicação garantindo que campus da Unesp em Registro (SP) não será fechado — Foto: Reprodução/Facebook

Deputado federal Samuel Moreira (PSDB) faz publicação garantindo que campus da Unesp em Registro (SP) não será fechado — Foto: Reprodução/Facebook

Crise financeira

A crise financeira que atinge a universidade vem de longa data e atrasa o pagamento do 13º salário dos servidores. No dia 22 de janeiro, o Conselho Universitário aprovou uma indicação de parcelamento do pagamento do 13º salário de 2018 aos servidores, que seria pago 50% em fevereiro e a outra metade em maio. No próximo dia 14, será realizada uma nova reunião para discutir a proposta de fazer o pagamento do décimo terceiro dos funcionários em duas parcelas.

Toda essa incerteza sobre o futuro financeiro da universidade causa dúvidas em professores e alunos. Recentemente, a OAB de Jacupiranga publicou uma moção de apoio à Unesp.

"Em alusão às recentes manifestações, referentes ao fechamento da unidade Registro da Universidade Estadual Paulista - Unesp, não poderia a 192° Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil, Seção São Paulo, deixar de se pronunciar publicamente, empenhando sua integral confiança e total apoio para fim de acolhida de medidas regulares por parte do governo estadual, visando a manutenção plena do funcionamento do campus", disse em publicação.

Categoria:EDUCAÇÃO

Deixe seu Comentário