Artistas do movimento ‘#EleNão’ se omitem sobre os abusos do médium

Artistas que atacaram Bolsonaro não abrem o bico contra João de Deus
Redação
  | Atualizado 

Médium João de Deus atendendo uma mulher: abusos reiterados.

Até agora, terceira semana após as primeiras denúncias, nenhuma das celebridades da TV e “feminazes” de campanhas como “#EleNão”, contra o então candidato Jair Bolsonaro, apareceu nas redes sociais para manifestar solidariedade às mulheres vítimas do médium João de Deus. Várias delas inclusive aparecem nas redes sociais em poses cheias de ternura ao lado do homem acusado em mais de 500 casos de abuso sexual. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Essas atrizes, cantoras e sub-celebridades também se associaram ao protesto #MexeuComUmaMexeuComTodas, contra o ator José Mayer.

“Rostos” do movimento, as celebridades Taís Araújo, Cleo Pires, Ciça Guimarães, Preta Gil e Daniella Mercury etc, não se pronunciaram.

Até o momento a única do “#MexeuComUmaMexeuComTodas” que se manifestou contra João de Deus foi Xuxa, que “se enganou feio”, disse.

Subcelebridades e artistas como estas se engajaram na campanha #elenao.

Categoria:BRASIL

Deixe seu Comentário